Atendimento (92) 3622-0034

SEGUNDA A SEXTA-FEIRA DAS 14:00 ÀS 18:00

Email para contato

[email protected]

Ir. Ivany Jamys Ferreira Régis publica livro “Entre Luzes, Letras e Escuridão”

29/10/2020

Pela publicação, autor recebeu homenagem da Câmara Municipal de Anamã por ser autor da primeira obra literária publicada por um cidadão anamaense.

Neste dia 29 de outubro, data em que é celebrado o Dia do Livro, a Grande Loja Maçônica do Amazonas (GLOMAM) traz entrevista realizada com o Ir. Ivany Jamys Ferreira Régis, cidadão anamaense e ex V.V.M.M. da A.∴R∴L∴S∴ GLÓRIA DE ANAMÃ Nº 50 - Anamã, autor do livro de poesias “Entre luzes, Letras e Escuridão”, pela editora Porto de Lenha.

Quais assuntos são retratados na obra?

Na obra, pude expressar, de forma exaustiva e poética, os sentimentos humanos (amor, saudade, solidão, angustia) e a vivencia bucólica do cotidiano.

Como surgiu a ideia de trabalhar com o tema?

Meu instinto poético surgiu ainda na adolescência. Aos 15 anos de idade, comecei a elaborar minhas primeiras composições do gênero.

Quando e de que forma ocorreu o lançamento da obra? 

A publicação ocorreu pela Editora Porto de Lenha, situada em Gramado (RS), e seu lançamento ocorreu no dia 13 de outubro, no Oriente de Anamã, no Centro Franciscano. Toda a renda obtida com a venda da obra foi destinada à filantropia.

Conte um pouco da sua atuação na Maçonaria do Oriente de Anamã. 

Na Maçonaria exerci de 2019/2020 o cargo de Venerável-Mestre da Augusta e Respeitável Loja Simbólica Glória de Anamã nº 50 – jurisdicionada à Grande Loja Maçônica do Amazonas. Sou membro ativo e regular da Antiquus Mysticusque Ordo Rosae Crucis A.M.O.R.C.

Biografia
Ivany Jamys Ferreira Régis, amazonense, nascido na cidade de Anori em 21 de março de 1992. Ensaísta, poeta, cronista e contista. Inicia sua jornada literária com o livro “Entre Luzes, Letras e Escuridão”. Seu estilo simples e triste se reproduz harmoniosamente nesses versos. Elaborando suas composições poéticas ainda na adolescência, seu estilo distingue-se pela suavidade e melancolia. Graduou-se em filosofia pela Universidade Paulista (UNIP). É membro da União Brasileira dos Escritores (UBE). Em 2020, recebeu Moção de Aplausos, homenagem concedida pela Câmara Municipal de Anamã por ser o autor da primeira obra literária publicada por um cidadão anamaense.


Emitido em 05/12/2020 18:53